Título da Conferência: ​76.3% de partos eutócicos na Islândia: como é possível?

Clique aqui para se inscrever gratuitamente

Vai decorrer no próximo dia 11 de novembro de 2022, das 10h00 às 11h30​, em modalidade híbrida (presencial e digital). A palestra será em inglês, com tradução simultânea para português. 
Formadora: Sigridur Sia Jonsdottir​ 
Local da palestra, com transmissão digital em direto:  Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Sala de reuniões, Polo B, Rua 5 de Outubro. São Martinho do Bispo Coimbra.
De acordo com o último relatório europeu perinatal de 2015, a Islândia liderava o ranking da percentagem de partos eutócicos​ em países de alta renda, com sistema de saúde universal, com 76,3% de partos eutócicos (16,1% cesarianas e​ ​7,6% de fórceps/ventosas). Apresentava em 2019, de acordo com a PORDATA (www.podata.pt) a mais baixa taxa de mortalidade neonatal​ ​dentro deste grupo (0.9%).
Comparativamente, as mesmas fontes de dados revelam que Portugal tinha, em 2015, 47% de partos eutócicos e, em 2019,​ ​1.9% de mortalidade neonatal.
 Será possível identificar no sistema de saúde Islandês estratégias para promover o aumento, com segurança, dos partos eutócicos?
Sigridur Sia Jonsdottir graduou-se na Islândia como parteira há mais de 40 anos atrás, antes de se tornar enfermeira (em 1987).
Tem Mestrado como Enfermeira Especialista em Parent Child Nursing, na Adelphi university de Nova Iorque, nos Estados Unidos da América​ e Doutoramento na​​Linnaeus University​, em ​Kamar/Vaxjö, ​Suécia. Trabalhou como Parteira/EESMO na Islândia, nos Estados Unidos da América e na Noruega e foi chefe de serviço de uma clínica de alto risco na gravidez em Reykjavik, ​na Islândia, por 7 anos (2000 - 2007​)​.  ​Há 26 anos que trabalha como professora universitária, tanto nas áreas de enfermagem como de ​​midwifery​ e é atualmente professora associada na University of Akureyri, ​na Islândia.
Está de visita a Portugal para escrever um livro e disponibilizou-se para partilhar o seu conhecimento sobre a profissão de parteira e o​ ​contexto de cuidados perinatais na Islândia numa conferência de 90min que irá decorrer no auditório da Escola Superior de Enfermagem​ ​de Coimbra, no dia 11 de novembro de 2022, das 10h00 às 11h30.
A conferência será ​realizada na modalidade híbrida,​ presencial e​ transmitida em direto por via digital.
Esta conferência tem o apoio e organização da Associação Portuguesa pelos Direitos da Mulher na Gravidez e no Parto, da Associação Portuguesa dos Enfermeiros Obstetras e da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra.

Clique aqui para se inscrever gratuitamente.